Queimação no Estomago – Como Tratar

Todos sabem que um resultado de uma dieta desequilibrada repleta de doces, frituras e os famoso junk foods resultam na indesejada azia, gastrite e queimação no estomago.

Excesso de peso

Pessoas gordinhas ou com obesidade têm maiores chances de serem atacadas pela a azia, já que a pressão sobre o estômago (causada pelo excesso de peso) aumenta as chances dos ácidos gástricos serem atingidos pelo  refluxo em direção ao esôfago.

Líquidos durante a refeição

Bebidas gaseificadas aumentam a pressão dentro do estômago, forçando os ácidos digestivos a seguirem em sentido contrario (refluxo gástrico). Outras bebidas, em excesso, acabam diluindo o ácido gástrico e obrigando o estômago a produzi-lo em maior quantidade. “Ardência e queimação são resultados possíveis quando há consumo exagerado de bebidas junto às refeições”, afirma o gastroenterologista Ricardo Blanc.

A azia é causada pelo refluxo de ácido gástrico (responsável pela digestão dos alimentos): ele vai do estômago para o esôfago, como se fosse voltar à boca. “Tal refluxo, por sua vez, é causado pelo mau funcionamento de uma espécie de válvula, chamada esfíncter: ela se abre para a passagem do alimento do esôfago para o estômago e, e depois, deve se fechar para reter o que foi ingerido e também os sucos gástricos que circulam por ali”, explica o gastroenterologista Ricardo Blanc.

O tratamento do problema pode até incluir o uso de medicamentos, mas os especialistas garantem que só isso não funciona. O método mais eficiente contra a queimação no estômago é a alteração de hábitos tanto no que se refere à sua dieta quanto à forma como os alimentos são consumidos. “Mastigando bem os alimentos, por exemplo, você facilita o trabalho do estômago, o que em geral pode produzir menos ácido”, afirma o gastroenterologista do Einstein. Os cuidados são todos muito simples, mas fazem uma tremenda diferença na sua digestão, acompanhe todos eles para começar e encerrar suas refeições com muito prazer.

Vamos falar de algumas dicas que te ajudarão a prevenir essa sensação terrível:

4 alimentos que amenizam a azia provocada pela gastrite

Hortelã

Coloque em uma xícara de chá de hortelã sendo uma hora antes ou depois das refeições para ajudar a acalmar seu estômago. “Quem tem refluxo não deve consumir”, diz Neuza.

Maçã

“É uma perfeita aliada no controle das temidas náuseas, devido ao seu teor de água, ao sabor neutro e à presença de fibras”, diz a nutricionista Joana Leonel. As fibras exigem que você mastigue bem, o que evita que o estômago tenha que trabalhar mais para digerir.

Banana verde

“Os frutos ainda verdes são ricos em flavonoides, que atuam na proteção da mucosa do estômago”, diz Camila. Dá para fazer em casa a biomassa, um creme que pode ser usado em sucos e sopas.

Sardinha

Mais barata que o salmão, é boa fonte de ômega 3. “A substância tem ação anti-inflamatória, o que ajuda na recuperação da mucosa do estômago”, diz Desirée.

Mas graças a Deus encontrei um site que solucionou a minha queimação no estomago.

Através desse site, consegui seguir um passo a passo para aprender a eliminar e formar natural a azia, gastrite e queimação.

A autora do libro , Ana Paula, é especialista no assunto e criou este guia exclusivamente pra quem gasta horrores com remédios como Omeprazol.

Para conhecer este site CLIQUE AQUI.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *